Terça-feira, 9 de Setembro de 2008

Portugal, os Mestres e a Iniciação

Vitor Manuel Adrião

 

648 págs. - 150x230mm

Género: ensaio espiritual 

PVP: 31,50 € (30 euros + iva)
Clique aqui para comprar online
 
Portugal, os Mestres e a Iniciação prefigura-se no pensamento teúrgico e teosófico onde o autor, Vitor Manuel Adrião, faz desfilar a modo de cartilha ou manual a Tradição Iniciática das Idades com insistência para a Espiritualidade Portuguesa vista à luz da Teurgia e da Teosofia.
 
Obra crítica onde Filosofia, História, Arte e Religião são apresentadas, numa linguagem clara e desocultada, segundo os créditos de uma Tradição Única exposta de maneira inédita numa sequência lógica esclarecedora de muitíssimos aspectos da existência dos seres, do mundo e do universo em que se vive, os quais teimavam em manter-se na escuridão do inexplicável.
 
Com efeito, este livro, inscrevendo-se na linha teosófica de Helena Blavatsky, Henrique José de Souza e Mário Roso de Luna, traz à luz do esclarecimento assuntos todos eles empolgantes e raramente aprofundados pelos próprios teosofistas, como sejam: desde a origem do Universo e do Homem até à problemática da sexualidade, vista pelas religiões e pelos esoteristas, o mistério dos Mundos Subterrâneos e o “Triângulo Místico” português, a Sinarquia e as políticas subversivas, a Teosofia dos portugueses Visconde de Figanière e Fernando Pessoa, o Ocultismo oriental e ocidental, até à Cabala Musical e à misteriosa Fraternidade Espiritual Portuguesa, dentre milhares de temas repartidos por 30 capítulos feitos das “cartas teosóficas” do autor desde 1972 até 2007.
publicado por jps às 17:03
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 6 de Fevereiro de 2007

Quinta da Regaleira – A Mansão Filosofal de Sintra




Autor: Vitor Manuel Adrião
Nº págs: 420 (inclui 24 págs. a cores)
Formato: 150x 230 mm /// Género: Ensaio
PVP: 29.40 € (28€ + iva)

A Obra:
A Quinta da Regaleira de Sintra tem neste livro um guia indispensável ao seu entendimento espiritual e iniciático, no qual passo a passo e de maneira inédita, todo o seu simbolismo arquitectónico, pictórico e paisagístico é analisado e decifrado à luz da Tradição Sagrada, revelando-o espaço consagrado de “Mansão Filosofal”, de vocação Nacional, Sebástica e de Demanda consignada em Cavalaria Espiritual.

Vitor Manuel Adrião, analisa em pormenor tanto a origem como a finalidade da Quinta da Regaleira, o seu misterioso proprietário original, António Augusto Carvalho Monteiro, consignado “Fulcanelli” português, a Linhagem “sobrenatural” dos Lusignan de Jerusalém a Sintra, o palácio alquímico da Peninha de Sintra, os mistérios da “Abadia” subterrânea de Lisboa e do palácio do Buçaco, o sentido paradisíaco do Zoo português, As tapeçarias herméticas de “la Dame à la Licorne”, o Tratado Alquímico de D. Afonso V e o simbolismo esotérico do jazigo funerário da família Carvalho Monteiro, dentre muitos outros assuntos todos do maior interesse ao entendimento verdadeiro, lúcido e profundo da Portugalidade.
publicado por jps às 14:46
link do post | comentar | favorito
|

pesquisar

 
Contacto

Links

tags

todas as tags

posts recentes

Portugal, os Mestres e a ...

Quinta da Regaleira – A M...

arquivos

Julho 2009

Junho 2009

Março 2009

Dezembro 2008

Setembro 2008

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Novembro 2006

Junho 2006

Maio 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Dezembro 2005

Agosto 2005

blogs SAPO

subscrever feeds