Sexta-feira, 19 de Outubro de 2007

Paixão ou A Batalha Contra as Sombras

Autor: Ricardo Belo de Morais

Prefácio: Carlos Pinto Coelho e Mafalda Arnauth
Nº págs: 110

Formato: 220 x 230mm

PVP: 15,75 € (15,00€ + IVA


Primeira obra literária formal do consultor de comunicação Ricardo Belo de Morais, “Paixão ou A Batalha Contra as Sombras” é uma colecção subversiva de poemas, com alma livre e coração exaltado. A fadista Mafalda Arnauth e o jornalista Carlos Pinto Coelho assinam em conjunto o prefácio e a ilustração de capa é de José Fragateiro.

 

“Paixão ou a Batalha Contra as Sombras” é dividido em quatro secções resultantes da decomposição do título, mostrando quatro caminhos diversos - e por vezes bem contraditórios – do amor. Em oito dezenas de poemas, o autor viaja pela exaltação, o desalento, a raiva, a ironia e a paz, com o pano de fundo constante no amor que se tem, se quer, se deseja, se desdenha ou se perdeu, da febre do beijo até ao gelo da ruptura.

Apesar de ter a escrita como elemento essencial de profissão (em jornalismo, assessoria cultural, publicidade e consultoria de comunicação), a poesia sempre foi, para o autor, um exercício de intimidade. A “urgência” de dar a esta sua vertente um rosto público, em livro, foi despertada pela morte prematura da mulher a quem dedica o livro, Sofia Erse Arruda.

Convidados a prefaciar a obra, no sentido de apresentarem separadamente a perspectiva feminina e masculina do amor retratado em versos, Mafalda Arnauth e Carlos Pinto Coelho acabaram por seguir um caminho diferente. Com a técnica do cadavre exquis, criaram um texto conjunto e entrelaçado, construindo também eles uma pequena – e inesperada - obra literária.

O formato “quadrado” do livro (220 x 230mm) surge pela necessidade de respeitar integralmente a ilustração, da autoria de José Fragateiro, já anteriormente ‘cúmplice’ de Ricardo Belo de Morais, na ilustração dos textos que este último assinou para a secção ‘Paixões Secretas’, na revista Notícias Magazine.

“Paixão ou A Batalha Contra as Sombras” conta com um prolongamento na Internet, através de um blogue. Os compradores do livro poderão enviar uma cópia da sua factura para o email escrevedor@netcabo.pt, sendo-lhes depois remetido um convite com password para acesso a http://paixaoextra.blogspot.com, espaço restrito onde poderão continuar a contactar com a obra poética de Ricardo Belo de Morais, através de inéditos ali regularmente inseridos.

Sobre o Autor:

Nasceu em Oeiras, em Março de 1969. Aos cinco anos, já lia e escrevia e conheceu os primeiros clássicos ainda na escola primária. Dividido entre a Política e as Letras, ingressou aos 17 anos na Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, que abandonaria quatro anos depois, para iniciar carreira em jornalismo, na Rádio Comercial da Linha. Seguiu daí para ajudar a fundar a rádio XFM, onde foi jornalista, produtor e animador, colaborando pontualmente com as estações "irmãs", Energia e TSF.

A partir de 1995, iniciou uma colaboração regular com a revista Notícias Magazine, trabalhando também em assessoria cultural com o Clube Português de Artes e Ideias e a Câmara Municipal de Lisboa, na extinta EBAHL (hoje EGEAC) e na coordenação do gabinete de imprensa das Festas de Lisboa, até 1997.

É então convidado a integrar a equipa da agência NR/Hill & Knowlton, onde se mantém dois anos, altura em que ingressa também na Universidade Nova, com vista a concluir os estudos académicos, em Ciências da Comunicação.

Em 1999, funda a agência Multicom, da qual se afasta cinco anos depois. Foi seguidamente consultor de marketing e comunicação da Associação Portuguesa de Franchise, ligou-se como cronista à revista Franchising & New Business e voltou à rádio, como animador, aos microfones da RPL (hoje Rádio Europa Lisboa), onde mantém presença regular, em emissões aos fins-de-semana.

Em Maio de 2005, funda a Belo de Morais & Associados, empresa de comunicação e relações públicas a que actualmente preside.

Além da escrita - que exerce também no colectivo Scribblers e em vários pontos da blogosfera - é um apaixonado por cinema, música, fotografia, canto coral, teatro-performance, viagens e motociclismo.

tags:
publicado por jps às 15:12
link do post | comentar | favorito
|

pesquisar

 
Contacto

Links

tags

todas as tags

posts recentes

diciOrdinário ilusTarado

O Santo Condestável D. Nu...

As mortes que mataram a m...

convite, 13 de Abril

Aqui D’El-Rei

A Bússola

Paul Mathieu – Artista Pl...

Portugal, os Mestres e a ...

O Colonialismo de Salazar

Cheek to Cheek

Morte na Picada

Campanhas em Espanha e Po...

Manjares do Arcebispo de ...

A Concordata e o Acordo M...

A Formação de Salazar e o...

Vida e Obra de Dom Nuno Á...

As Origens Nazis do Nacio...

Batalha da Paixão

O Drama de um Rei

Dos Templários à Ordem de...

Vitor M. Adrião na Fnac C...

Paixão na rua

O Livro dos Santos & Heró...

Ensinar o Holocausto no S...

Fisiologia do Gosto

Paixão ou A Batalha Contr...

Bem-Vindo ao Condomínio

Ensinar o Holocausto no s...

3 Estórias Móveis

Fisiologia do Gosto

Ensinar o Holocausto no S...

Portugal Templário - Vida...

Cátaros - história de uma...

Do Olimpo à Internet – Pe...

Porquê – Confidências de ...

A Conspiração Judaico-Maç...

Cruzada contra o Graal - ...

Lisboa Secreta - Capital ...

Quinta da Regaleira – A M...

Sexo, Padres e Códigos Se...

Bocage Maçon

A Arte do Sexo Oral

O Irão na 3ª Guerra Mundi...

Assassini – uma seita eso...

Descobre-me

Lendas de Cristo

Mistérios da Humanidade

Libertar Amarras, soltar ...

Enquanto as folhas se dei...

A Política sem Dogma - En...

arquivos

Julho 2009

Junho 2009

Março 2009

Dezembro 2008

Setembro 2008

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Novembro 2006

Junho 2006

Maio 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Dezembro 2005

Agosto 2005

blogs SAPO

subscrever feeds