Segunda-feira, 18 de Fevereiro de 2008

Vida e Obra de Dom Nuno Álvares Pereira – o Santo Condestável


Autor: G. Leslie Baker

Nº págs: 254

Formato: 140 x 225 mm

Género: Ensaio

PVP: 14,70 € (14€ + IVA)

 

 

Prevista para Abril deste ano, a canonização de Nuno de Santa Maria, mais conhecido como D. Nuno Álvares Pereira, leva a editora Via Occidentalis a relembrar a vida e obra de um dos mais influentes homens na resolução da crise de 1383-1385, que ameaçava deixar a coroa portuguesa nas mãos de Castela. Da sua infância e chegada à corte como pajem da Rainha, à sua nomeação como Condestável do Reino e o seu papel no assassinato do Conde de Andeiro, passando ainda pela sua devoção a Deus e à Igreja, os milagres que lhe são atribuídos e o culto popular em seu torno, esta biografia apaixonante, da autoria de G. Leslie Baker, oferece uma oportunidade única de contemplar, em profundidade, todos os detalhes acerca da vida do homem-forte de D. João I.

 


Resultado de cinco anos de estudos minuciosos de antigas obras que dizem respeito a D. Nuno Álvares Pereira, surge pelas mãos da autora britânica G. Leslie Baker aquela que é talvez a mais completa e apaixonante biografia alguma vez publicada acerca de D. Nuno Álvares Pereira, o Santo Condestável.

 


Do jovem guerreiro inconformista e possuidor de uma enorme riqueza, ao devoto religioso completamente despojado de bens materiais, “Vida e Obra de Dom Nuno Álvares Pereira” foca-se em aspectos tão díspares como a influência do estratega militar na Batalha de Aljubarrota, a reacção do Santo Condestável à morte da sua mulher ou a sua generosidade na construção do Convento do Carmo, em Lisboa – local onde escolhera dedicar-se à vida religiosa e espiritual, e onde viria a falecer, como Frei Nuno de Santa Maria.

 

 

 

A autora explora também o significativo culto popular em torno de D. Nuno Álvares Pereira, assim como alguns mitos e os milagres que lhe são atribuídos – entre os quais a cura de um marinheiro inglês com um simples toque.

 

 

Beatificado em 1918 pelo Papa Bento XV, o Santo Condestável deverá ser canonizado ainda antes do final de 2008, durante o pontificado de Bento XVI, tornando-se nessa forma no 11º santo português de todos os tempos – com a particularidade de ter sido uma das mais influentes figuras militares da sua época.

Clique aqui para comprar online
publicado por jps às 12:53
link do post | comentar | favorito
|

As Origens Nazis do Nacionalismo Palestiniano e da Jihad Islâmica


Autor: David Meir-Levi

Posfácio de Alexandre del Valle

Nº págs: 152 + caderno de fotos

Formato: 130 x 205 mm

PVP: 13,65 € (13€ + IVA)

Clique aqui para comprar online


As ligações nunca assumidas entre o nacionalismo palestiniano e o regime nazi tornam-se tema central em mais uma polémica publicação da editora Via Occidentalis. Da autoria do israelo-americano David Meir-Levy, com um posfácio do investigador francês Alexandre del Valle, especialista de questões relacionadas com o islamismo, esta obra procura desfazer, em simultâneo, duas ideias propagadas por alguns líderes radicais islâmicos actuais: que o Holocausto nunca existiu – e que o povo palestiniano nada teve a ver com isso. A lista dos nazis que se tornaram colaboradores dos Estados Árabes após a 2ª Guerra Mundial, a Carta do Hamas e a Acta do encontro entre Hitler e Al-Husseini, líder político palestiniano naquele período, marcam também presença nesta edição.

 

Em “As Origens Nazis do Nacionalismo Palestiniano e da Jihad Islâmica”, David Meir-Levy procura demonstrar que o fanatismo islâmico não nasceu nos anos 60, após o fracasso do nasserismo, mas foi fruto da ascensão do fascismo e do nazismo nos anos 30. De acordo com António Franco Moreira, tradutor da obra, “Meir-Levy traça o ADN do nacionalismo palestiniano, fazendo explodir uma série de mitos que este movimento criou – mitos racionalizados e celebrados durante décadas de terrorismo e de ambições genocidas”.

 

Centrado na correspondência entre Hajj Amin al-Husseini, líder nacional e consensual dos palestinianos, e o regime de Adolf Hitler, Meir-Levy alega que existiu, de facto, uma aliança entre os palestinianos e o regime nazi, defendendo que a ideologia islâmica alberga, no seu seio, movimentos como o Hamas, o Hezbollah e o grupo al-Qaeda, que o autor classifica de “fascistas islâmicos” e “terroristas”.


O posfácio é assinado por Alexandre del Valle, onde o investigador francês procura expor a actualidade das sinergias entre os fanáticos islamistas, a extrema-direita e a extrema-esquerda, e na forma como estes grupos se unem no “ódio e animosidade contra Israel, a América e o Ocidente”. Em anexo, surgem documentos como a Carta Ideológica do Hamas, a acta do encontro entre Hitler e Al-Husseini e ainda a lista de nazis que colaboraram com os Estados Árabes após a 2ª Guerra Mundial.


 

David Meir-Levy, israelita nascido nos Estados Unidos da América, vive em Palo Alto, na Califórnia. É bacharel pela John Hoplins University e licenciado em Estudos sobre o Próximo Oriente pela Brandeis University. Ensinou Arqueologia e História do Próximo Oriente na Universidade Hebraica de Jerusalém e na Universidade de Telavive, nos anos 60 e 70, altura em que serviu no exército israelita. De regresso aos Estados Unidos, Meir-Levy tornou-se director de investigação e educação da Israel Peace Iniciative, uma organização não-lucrativa da região da Baía de São Francisco destinada a esclarecer o público americano e os seus líderes sobre a história do conflito israelo-árabe. Mais informações sobre a IPI em www.ipi-usa.org. David Meir-Levy é o autor de «Grande Mentiras - Demolindo os Mitos da Propaganda de Guerra contra Israel» editado pela Via Occidentalis em 2006.

Video (inglês com legendas em francês)
publicado por jps às 12:36
link do post | comentar | favorito
|

pesquisar

 
Contacto

Links

tags

todas as tags

posts recentes

diciOrdinário ilusTarado

O Santo Condestável D. Nu...

As mortes que mataram a m...

convite, 13 de Abril

Aqui D’El-Rei

A Bússola

Paul Mathieu – Artista Pl...

Portugal, os Mestres e a ...

O Colonialismo de Salazar

Cheek to Cheek

Morte na Picada

Campanhas em Espanha e Po...

Manjares do Arcebispo de ...

A Concordata e o Acordo M...

A Formação de Salazar e o...

Vida e Obra de Dom Nuno Á...

As Origens Nazis do Nacio...

Batalha da Paixão

O Drama de um Rei

Dos Templários à Ordem de...

Vitor M. Adrião na Fnac C...

Paixão na rua

O Livro dos Santos & Heró...

Ensinar o Holocausto no S...

Fisiologia do Gosto

Paixão ou A Batalha Contr...

Bem-Vindo ao Condomínio

Ensinar o Holocausto no s...

3 Estórias Móveis

Fisiologia do Gosto

Ensinar o Holocausto no S...

Portugal Templário - Vida...

Cátaros - história de uma...

Do Olimpo à Internet – Pe...

Porquê – Confidências de ...

A Conspiração Judaico-Maç...

Cruzada contra o Graal - ...

Lisboa Secreta - Capital ...

Quinta da Regaleira – A M...

Sexo, Padres e Códigos Se...

Bocage Maçon

A Arte do Sexo Oral

O Irão na 3ª Guerra Mundi...

Assassini – uma seita eso...

Descobre-me

Lendas de Cristo

Mistérios da Humanidade

Libertar Amarras, soltar ...

Enquanto as folhas se dei...

A Política sem Dogma - En...

arquivos

Julho 2009

Junho 2009

Março 2009

Dezembro 2008

Setembro 2008

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Novembro 2006

Junho 2006

Maio 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Dezembro 2005

Agosto 2005

blogs SAPO

subscrever feeds