Quarta-feira, 11 de Julho de 2007

Cátaros - história de uma heresia



Autor: Pedro Silva
Nº de págs: 132
Formato: 15 x 23 /// Género: Ensaio
Preço: 13,65 euros (13 + iva)

Depois de ter publicado vários livros sobre os Cavaleiros da Ordem do Templo, Pedro Silva apresenta “Cátaros – História de uma heresia”, onde se debruça sobre os processos ideológicos e sociais que levaram ao aparecimento – e extinção – desta seita religiosa considerada herética. Apesar da sua curta existência, e principalmente do seu forçado desaparecimento, ainda hoje, vários séculos volvidos após a sua extinção oficial, somos tocados pelos trágicos acontecimentos da heresia albigense.

Apresentando-se como um dos temas mais apaixonantes da história da cristandade, a heresia dos cátaros (kataroi, a palavra grega para puro) ou albigenses (em razão da sua preponderância na cidade de Albi, na França Meridional), surge no início do século XII, no Sul de França. As dissidências ideológicas levam à sua perseguição imediata pela Igreja Católica, que culmina com a sua extinção, no séc. XIV, dentro do quadro que conduziu ao aparecimento da Inquisição.

Derivando da ideologia cristã, os Cátaros foram considerados hereges não somente porque defendiam o regresso a uma forma de cristianismo mais primordial, através da recusa completa dos bens materiais, mas especialmente porque o surgimento desta seita marcou o regresso de uma forma de Maniqueísmo que opunha ao monoteísmo a existência de dois deuses, um bom, espiritual, e um mau, material.

Na época actual, onde os radicalismos teológicos voltam a assumir uma extrema importância e onde a compreensão mútua é cada vez mais essencial para a paz mundial, "Cátaros – História de uma heresia” é uma obra que parte de um caso específico para reflectir, em última análise, sobre as perseguições motivadas pelo dogmatismo religioso e pela intolerância, e as suas consequências sobre o rumo da História.
publicado por jps às 12:16
link do post | comentar | favorito
|

pesquisar

 
Contacto

Links

tags

todas as tags

posts recentes

diciOrdinário ilusTarado

O Santo Condestável D. Nu...

As mortes que mataram a m...

convite, 13 de Abril

Aqui D’El-Rei

A Bússola

Paul Mathieu – Artista Pl...

Portugal, os Mestres e a ...

O Colonialismo de Salazar

Cheek to Cheek

Morte na Picada

Campanhas em Espanha e Po...

Manjares do Arcebispo de ...

A Concordata e o Acordo M...

A Formação de Salazar e o...

Vida e Obra de Dom Nuno Á...

As Origens Nazis do Nacio...

Batalha da Paixão

O Drama de um Rei

Dos Templários à Ordem de...

Vitor M. Adrião na Fnac C...

Paixão na rua

O Livro dos Santos & Heró...

Ensinar o Holocausto no S...

Fisiologia do Gosto

Paixão ou A Batalha Contr...

Bem-Vindo ao Condomínio

Ensinar o Holocausto no s...

3 Estórias Móveis

Fisiologia do Gosto

Ensinar o Holocausto no S...

Portugal Templário - Vida...

Cátaros - história de uma...

Do Olimpo à Internet – Pe...

Porquê – Confidências de ...

A Conspiração Judaico-Maç...

Cruzada contra o Graal - ...

Lisboa Secreta - Capital ...

Quinta da Regaleira – A M...

Sexo, Padres e Códigos Se...

Bocage Maçon

A Arte do Sexo Oral

O Irão na 3ª Guerra Mundi...

Assassini – uma seita eso...

Descobre-me

Lendas de Cristo

Mistérios da Humanidade

Libertar Amarras, soltar ...

Enquanto as folhas se dei...

A Política sem Dogma - En...

arquivos

Julho 2009

Junho 2009

Março 2009

Dezembro 2008

Setembro 2008

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Julho 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Novembro 2006

Junho 2006

Maio 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Dezembro 2005

Agosto 2005

blogs SAPO

subscrever feeds